A perseguição não bastou para impedir o evangelismo no Irã

Fonte: Portas Abertas

Seguir a Jesus em países de maioria islâmica significa se desconectar do mundo ao redor. Quando todos ao seu redor seguem uma religião, é desafiador seguir outro caminho. Ainda mais quando esse caminho é considerado uma traição à comunidade.  


Ainda assim, Deus tem despertado corações para Cristo no Oriente Médio e Norte da África. Em muitos casos, é uma caminhada solitária ou que desafia a coragem até o último instante, mas os frutos da videira verdadeira não deixam de brotar no deserto. Confira algumas dessas histórias na Revista Portas Abertas de abril. 

Uma mensagem urgente 

Exemplo disso são os servos valentes que anunciam o evangelho, apesar da opressão. O pastor Iman é um deles. A origem de Iman é diferente da maioria dos cristãos na região. Ele foi resgatado do vício em drogas. Mas esse foi apenas o primeiro passo da jornada para se tornar pastor de cristãos secretos no Irã.   


Iman era ousado. Como um novo convertido com o coração ardendo por anunciar as boas novas, ele aproveitava todas as oportunidades, apesar dos riscos. Ele trabalhava como taxista e o carro foi seu primeiro campo missionário. “Percebi a urgência de anunciar a mensagem da salvação para todos a meu redor”, conta o evangelista. 


O evangelismo começou a gerar frutos e logo Iman começou a participar de uma igreja secreta. Como era a pessoa mais exposta do grupo, ele tinha a responsabilidade de levar as Bíblias e materiais que os cristãos usavam nos cultos nos lares. Pouco depois, ele foi descoberto e preso, mas nem por isso deixou o ministério. “Entendi que estar na prisão não era o fim do evangelismo, apenas um local diferente para o trabalho”, afirma Iman. 


Veja na próxima semana como o pastor Iman desenvolveu o trabalho de evangelismo dentro da prisão e discipulou inúmeros cristãos secretos com apoio de parceiros da Portas Abertas. 

Ofereça orientação bíblica a cristãos secretos 

Precisamos garantir que nossos irmãos em Cristo, que precisam viver a fé em segredo e, em muitos casos, sozinhos, recebam ensino bíblico para se tornarem cristãos fortes e maduros. Faça uma doação e receba a Revista Portas Abertas de presente durante 12 meses.



Sobre o Colaborador

Artigos Relacionados