Todos foram multados e os sete ex-muçulmanos de países da Ásia Central não serão deportados 

O grupo de nove cristãos ex-muçulmanos preso no Tajiquistão permaneceu na delegacia de polícia durante dois dias e foram interrogados diversas vezes. O chefe do departamento de polícia da região decidiu deportar os sete cristãos com origem de países da Ásia Central, sendo que eles não teriam permissão para voltar ao país durante anos.

Porém após isso, o grupo foi informado que não seria deportado, mas que deveriam deixar o país o quanto antes. Todos eles, incluindo os dois cristãos tadjiques, foram multados em um total de 900 dólares. Apesar da multa, eles estão soltos e não foram agredidos.

Os sete cristãos da Ásia Central estão se dirigindo para a capital do Tajiquistão para, em seguida, voltarem a seus países. Isso é resposta das nossas orações. O resultado dessa situação poderia ser muito pior, mas Deus opera, agindo sempre da melhor forma. Agradecemos por suas orações e pedimos que você continue intercedendo pelo grupo.

Pedidos de oração

  • Ore pela segurança desses cristãos, enquanto eles estão no caminho de volta para suas casas.
  • Apresente também os dois cristãos tadjiques, que continuarão no país. Que eles não sofram retaliações e que continuem alcançando vidas.
  • Interceda pelas famílias de todo o grupo, que elas sejam fortalecidas em Cristo e que possam dar apoio a cada um deles.

República do Tajiquistão

 REPÚBLICA DO TAJIQUISTÃO

  • Fonte de Perseguição: Paranoia ditatorial
  • Capital Dushanbe
  • Região Ásia Central
  • Lider Emomali Rahmon
  • Governo República presidencial
  • Religião Islamismo
  • Pontuação 65

POPULAÇÃO
8.8 MILHÕES

POPULAÇÃO CRISTÃ
62.2 MIL

Fonte:https://www.portasabertas.org.br