MIANMAR

Aqueles que se decidem por Cristo precisam ser cautelosos ao falar da fé e estratégicos para poder se reunir e adorar a Deus

28º país na atual Lista Mundial da PerseguiçãoMianmar, localizado no Sudeste Asiático, também é conhecido como Birmânia. Segundo relatórios da Portas Abertas, menos de 10% da população é cristã e enfrenta perseguição por parte da maioria religiosa no país, os budistas. Os seguidores do cristianismo são extremamente pobres, em especial aqueles que vivem em áreas rurais, por conta da negligência do governo em relação ao desenvolvimento social dessa população. Há poucas oportunidades de emprego para quem se decide por Cristo.

Projetos da Portas Abertas têm fortalecido a igreja, distribuindo literatura cristãoferecendo discipulado e formação bíblica para pastores e líderes, além do apoio socioeconômico para cristãos. Os convertidos de origem budista são mais cuidadosos ao expressar a fé, especialmente se forem os únicos cristãos em sua família. No budismo, aqueles que abandonam a religião são considerados traidores e se tornam uma vergonha e motivo de desonra para os familiares.

As atividades da igreja são monitoradas pelo governo. Embora haja muitos templos cristãos em Mianmar, obter uma permissão das autoridades para manter seu funcionamento ou construir novos locais de culto pode ser algo muito difícil. Por esse motivo, muitos cristãos usam estabelecimentos comerciais para adorar a Deus aos domingos ou optam por se reunir em suas próprias casas. Recentemente, aconteceu um treinamento para mulheres cristãs e elas têm se mostrado encorajadas a falar do amor de Cristo para seus parentes e amigos. Ore pelo crescimento e fortalecimento da igreja em Mianmar.

Fonte: www.portasabertas.org.br

Sobre o Colaborador

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.