Em um de seus vídeos, o pastor Francis Chan alertou sobre como muitos cristãos se tornaram desatentos com relação a um fator essencial para suas vidas: a meditação na Palavra de Deus.

“A Igreja deveria ser um monte de pessoas que passa um tempo a sós com Deus e depois se reúne para falar, animadas sobre isso”. A afirmação do pastor e escritor Francis Chan pode parecer um tanto óbvia, mas inevitavelmente vai contra a realidade de diversas comunidades cristãs em todo o mundo nos dias atuais.

Em um vídeo que mescla suas reflexões com alguns depoimentos sobre a leitura da Bíblia, Chan alertou as igrejas sobre a displicência de muitos cristãos sobre algo que deveria ser uma prática extremamente comum em suas vidas: a meditação na Palavra de Deus.

Citando alguns exemplos da Bíblia para falar sobre a realidade atual de muitas igrejas, o pastor citou inicialmente a história de Marta e Maria (Lucas, capítulo 10), expondo o contraste entre as escolhas das duas irmãs, quando receberam uma visita de Jesus em sua casa.

“Jesus entra na casa de Maria e Marta e Maria fica sentada aos Seus pés, ouvindo o que Ele tem a dizer. Marta fica andando por todo canto, preparando as coisas e ela fica brava. Ela diz a Jesus: ‘Você não pode dizer para Maria vir me ajudar?’. Jesus responde: ‘Marta, Marta, você está ansiosa e preocupada com muitas coisas, mas apenas uma coisa é necessária. Maria escolheu a boa parte, que não lhe será tirada”, lembrou o pastor.

Francis Chan destacou que pessoas como Marta podem ser facilmente encontradas nas igrejas atuais e alertou que é preciso voltar a “escolher a boa parte”, como Maria fez.

“Nossas igrejas estão cheias de ‘Martas’, que estão preocupadas com tantas coisas. Eu não ouço nada sobre as pessoas que estão apenas sentadas aos pés de Deus todos os dias, fazendo a única coisa que Jesus diz que é necessária”, alertou.

“Nós perdemos a arte de meditar dia e noite na Palavra de Deus, onde nós nos tornamos árvores enraizadas. Em vez disso, nós somos soprados e levados pelo vento. Não estamos enraizados, não somos fortes, nem profundos”.

Chan ainda destacou que uma igreja não se conseguirá se aprofundar na Palavra apenas por causa de um bom pregador, mas isso também depende da vida devocional de cada membro da comunidade.

“A Igreja precisa ser profunda na Palavra e isso acontece quando as pessoas ficam a sós com a Palavra de Deus”, afirmou.
Perfil
Francis Chan tem se tornado conhecido por suas pregações impactantes e sinceras, alertando cristãos dos EUA e de outros países sobre fatores importantes para a caminha cristã.

FONTE: GUIAME

Sobre o Colaborador

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.