Nikolai, um jovem cristão de 20 anos, aproveitou uma oportunidade de fazer um curso de massoterapia que durou um mês e foi organizado pela Igreja Adventista. Assim que voltou para seu país muçulmano, recebeu um telefonema de uma mãe que estava em desespero.

A senhora viu o anúncio de seu serviço em sua página do Facebook. Ela precisava que ele tratasse de seu filho que é deficiente. Mas, quando o jovem Nikolai entendeu a condição física da criança, ele achou melhor não ajudá-lo.

“Não tenho muita experiência. Só tenho o nível básico”, explicou. Mas, a mãe insistiu: “Por favor, venha. Ninguém quer ajudar o meu filho”, clamou. Então Nikolai resolveu dar uma chance e foi até a casa da família, mas quando ele viu a real situação do menino, percebeu que o caso era mais grave do que pensava.

Nikolai ressaltou para a mãe que ele era cristão e a lembrou de que não tinha muita experiência. Apesar de tudo isso, ele disse que poderia fazer a massoterapia se ela lhe permitisse orar a Deus por sabedoria antes de cada sessão. Sem demora, a mãe concordou.

Influência pelo testemunho

No dia da terceira sessão, o pai do menino estava em casa quando Nikolai chegou. Ele é um funcionário do governo e fez algumas perguntas a Nikolai sobre seu trabalho e sua fé. A resposta alegrou o coração daquele pai que por sua vez insistiu para que o jovem continuasse com o tratamento.

Em outro dia, durante a massagem, o pai recebeu um telefonema de emergência. Então, ele se vestiu e saiu correndo. Ao perceber que o homem estava profundamente preocupado, Nikolai o parou na porta. “Vamos orar por esta situação?”, pediu.

Os dois oraram e o pai saiu. Mais tarde, Nikolai soube que a emergência havia sido muito bem resolvida.

Os pais viram puderam ver uma boa mudança em seu filho enquanto a massoterapia progredia. O menino não estava curado, mas começou a fazer coisas que não podia fazer antes. Encantado com o profissionalismo do jovem cristão, o pai recomendou seu trabalho a outro funcionário do governo. Como resultado, Nikolai se tornou massagista de vários altos funcionários do país.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE NOTÍCIAS ADVENTISTAS